6 dicas para escolher a piscina para sua casa

6 dicas para escolher a piscina para sua casa

Encontrar a casa ideal não é uma tarefa simples, mesmo quando se tem a ajuda de uma imobiliária. Mas, depois de escolher o imóvel, sabemos que muitos desejam realizar algumas alterações, como por exemplo incluir uma piscina. Isso porque, esse tipo de construção é capaz de valorizar o imóvel, além de garantir maior qualidade de vida para toda a família. Afinal, muitos momentos de lazer serão vividos por ali, criando memórias inesquecíveis e boas lembranças com aqueles que amamos. Contudo, com tantas opções disponíveis no mercado, não é fácil escolher a piscina ideal. Então, pensando nisso, preparamos o post de hoje para te ajudar. Vamos lá?

1. Escolha o local

O primeiro ponto é escolher o local da casa que irá instalar a piscina, sendo necessário ter certeza de que é um espaço apropriado. É claro que não podemos deixar de lembrar da importância de contratar profissionais especializados no assunto para te ajudarem nesse processo. Afinal, eles irão realizar uma análise prévia do terreno e orientar em todas as etapas. Também é importante pedir autorização à prefeitura, visto que essa é uma obra como qualquer outra.

Em seguida, ao escolher o local, é importante que ele seja bem ensolarado durante a maior parte do dia, além de ser de fácil acesso e em um espaço que tenha privacidade.

2. Pense nas medidas

Depois de escolher o lugar ideal para sua piscina, também é importante considerar suas medidas. Existem aquelas que são padrão, como 3x5m, 4x8m, 6x4m, etc. Contudo, isso não é uma regra e você pode fugir do convencional e ter uma piscina personalizada. Lembre-se de considerar qual será o uso, se muitas pessoas irão utilizar, se é somente você, se pretende praticar esportes, etc. Além disso, pense na profundidade também avaliando suas necessidades pessoais. Por exemplo, se for usada principalmente por crianças, é ideal ter uma parte rasa para maior segurança.

3. Analise o tipo mais adequado

Como falamos, existem vários modelos e materiais de piscinas disponíveis hoje em dia, com preços que variam bastante. O mais tradicional é o de concreto e alvenaria, sendo construído com blocos de concreto e revestido com cerâmica ou pastilhas, e uma opção bastante durável. Outro tipo comum é o de fibra e a principal vantagem é que ela já vem pré-fabricada, garantindo maior praticidade e podendo ser instalada em poucos dias. Por fim, uma opção que vem conquistando muitas pessoas é a piscina de vinil, podendo ser adquirida no formato que desejar, assim como escolher os desenhos personalizados.

4. Conheça os custos de cada modelo

Também é importante considerar os valores de cada modelo para entender qual se encaixa em seu orçamento. Contudo, você deve analisar sua necessidade. Por exemplo, para quem preza por economia a curto-prazo, os modelos de fibra ou vinil são ideais, visto que o preço é mais em conta do que a piscina de alvenaria. Contudo, ainda que seja mais cara, ela possui maior durabilidade e resistência, oferecendo melhor custo no longo prazo.

Além disso, atente-se aos tipos de bomba, visto que isso pode impactar o quanto irá gastar no mês. Ainda que sejam mais caros de início, alguns modelos podem oferecer melhor custo-benefício, visto que economizam maior energia.

5. Estude sobre a manutenção

É comum que as pessoas fiquem animadas com a construção da piscina e se esqueçam de que ela exige manutenção para ficar sempre limpa e pronta para uso. Sendo assim, se realmente deseja ter uma piscina em casa, atente-se aos cuidados básicos de manutenção, como o controle de nível de pH, remoção de folhas e insetos, tratamento com cloro e algicida, etc. Além disso, tenha em mente que quanto maior a piscina, maiores serão os custos de manutenção. Portanto, antes de fechar negócio, estude bem o tamanho que sua piscina terá para evitar problemas no futuro.

6. Idealize o layout

Por fim, baseando-se nas medidas e o local escolhido, agora poderá pensar no layout desejado. Os formatos mais comuns são quadrado, retangular e redondo, mas também é possível escolher um layout personalizado, com bordas curvas ou até mesmo com um formato diferenciado, como de um instrumento musical. Contudo, não se esqueça que quanto mais elaborado for o layout, mais caro será o custo do projeto. Sendo assim, tenha um bom planejamento em mãos, com o orçamento específico para essa obra para assim compreender quais são as possibilidades da construção de sua nova piscina. Por mais que não seja tudo, o preço também é importante.

Então, com as dicas do post de hoje temos certeza que você será capaz de escolher a melhor piscina para sua nova casa. Lembre-se ainda de considerar a qualidade dos materiais, reputação da empresa e tempo para construção, evitando pensar apenas no preço. Dessa forma, você garante uma escolha mais adequada para suas necessidades e demandas, assim como evita possíveis problemas e dores de cabeça no futuro.

Marcos K

Marcos K

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − quinze =